Body Talk Quem Somos Colunas Artigos Tratamentos Eventos Dúvidas E-mail
  TRATAMENTOS

FIBROMIALGIA: DORES MUSCULARES

A fibromialgia é caracterizada por dor músculo-esquelética e nos tecidos fibrosos (ligamentos e tendões) e pontos dolorosos em certas regiões do corpo. Outras manifestações acompanham a fibromialgia: fadiga crônica, alterações do sono, rigidez muscular, dores de cabeça, cólon irritável e ponta de dedos arroxeados, além de problemas emocionais como ansiedade e depressão. O diagnóstico da fibromialgia apresenta um complicador, pois muitos dos seus sintomas são encontrados em outras doenças.

A dor da fibromialgia afeta músculos e seus locais de fixação nos ossos. Manifesta-se como doença das articulações, porém não tem caráter inflamatório e não causa deformidades nas juntas. Diferentemente da artrite reumatóide, que é uma doença inflamatória e causa deformidades nas articulações.

CAUSA

A causa é desconhecida, porém alguns fatores podem desencadear ou agravar a fibromialgia: são distúrbios hormonais, doenças auto-imunes e distresse emocional. A fibromialgia pode ser classificada como uma doença psicossomática.

INCIDÊNCIA

A fibromialgia é uma síndrome muito comum que afeta em torno de 5% da população. Atinge mais as mulheres do que os homens. A maior incidência ocorre entre as idades de 18-40 anos. De acordo com o Colégio Americano de Reumatologia, de cada 4 consultas ao especialista 1 é de fibromialgia.

Avaliações feitas em crianças e adolescentes mostraram que 85% dos afetados eram do sexo feminino, com predominância entre 13-15 anos nas meninas adolescentes. Os sintomas mais observados foram dores musculares (97%), rigidez muscular (70%), distúrbios do sono (80%), fadiga ao levantar (100%) e ansiedade (70%).

SINAL VERMELHO: PROCURE AJUDA MÉDICA

As avaliações desses pacientes demonstram que as dores musculares difusas e os pontos dolorosos específicos estão presentes em pessoas com fibromialgia e não nas pessoas saudáveis ou com outros tipos de doenças articulares. Os resultados de laboratório são normais e o diagnóstico depende exclusivamente das queixas e sensações relatadas pelos pacientes.

O Colégio Americano de Reumatologia utiliza dois critérios importantes para acender o sinal vermelho e procurar ajuda médica:

1- dor generalizada crônica com mais de 3 meses de duração.

2- Dor à palpação em 11 dos 18 pontos-gatilhos (ver figura).


Os pontos-gatilhos são representados por quadrados escuros, em músculos específicos, e o sintoma na maioria das vezes é rigidez muscular à palpação acompanhada de dor local e irradiada, principalmente ao redor do pescoço, nos ombros, nas costas e em áreas do quadril.

A dor é o sintoma mais importante na fibromialgia: é difusa por todo o corpo, embora possa começar no pescoço ou no ombro e daí espalhar-se para outras áreas do corpo. Muitos pacientes descrevem a dor de diversas maneiras, como ardência, incômodo, rigidez e fisgadas. A dor varia com a atividade, a hora do dia e o estresse. Os portadores de fibromialgia referem-se à sensação de estarem o tempo todo gripados e alguns podem ter dor muito intensa.

A fibromialgia é uma doença que sempre gerou controvérsias e nem todos os médicos estão familiarizados com ela. Neste caso é melhor procurar o reumatologista para resolver sua dúvida.

TRATAMENTO MÉDICO E PSICOLÓGICO

Não existe tratamento específico para a fibromialgia. O tratamento deve levar em conta as queixas do paciente, e assim o médico assistente fará o planejamento mais adequado. O tratamento envolverá a combinação de medicamentos, exercícios físicos e tratamento emocional, que é de fundamental importância.

É muito importante que o paciente compreenda o tratamento proposto pelo seu médico para obter o maior benefício.Como se sabe, a fibromialgia é uma condição benigna: não provoca lesões físicas, mas em alguns casos pode haver dores intensas.

Cada pessoa deve ter seu médico assistente e a ele caberá fazer as avaliações periódicas e prescrever a medicação e os cuidados necessários. Os exercícios prescritos são importantes e devem ser feitos sob supervisão do fisioterapeuta.

O tratamento psicológico e emocional é de importância fundamental, pois os aspectos emocionais negativos podem ser reduzidos ou mesmo solucionados. Isso melhorará o astral do paciente e facilitará o seu viver. As técnicas de Programação NeuroLingüística e as Técnicas de Pensamento Ativo são muito úteis nesses casos.

Voltar

DESTAQUE
Matéria sobre o Body Talk
Folha de Londrina - 08/11/2010


ARTIGOS / TRATAMENTOS
BODY TALK
BODY TALK - CASOS
COSMÉTICA
COSMÉTICA - ACNE
COSMÉTICA - CABELOS
COSMÉTICA - CICATRIZ
COSMÉTICA - PELE
DOR CRÔNICA
EMOÇÃO
ENDOMETRIOSE
EPIGENÉTICA
ESTRESSE
OBESIDADE
VÁRIAS PATOLOGIAS

CONSULTAS

LONDRINA - PARANÁ
Av. Bandeirantes, 515
Tel (43) 3324 - 3303

WHATSAPP

AGENDAMENTOS - DÚVIDAS
 (43) 99188 - 3303
Body Talk Quem Somos Colunas Artigos Tratamentos Eventos Dúvidas E-mail
Site desenvolvido pela Intersoft © 2019 - Body Talk Londrina Home